Consciência,
evolução transparente mágica,
palavra bem colocada,
mas nunca imposto.

Verónica Garay

DECLARAÇÃO

Comunidades empoderadas da América Latina frente à pandemia da resistência aos antimicrobianos no contexto da COVID-19

Os que subscrevemos, comunidades, organizações sociais, agroecologistas, cientistas, centros acadêmicos, profissionais da saúde, docentes, artistas, ativistas e representantes de povos originários, reunidos no Encontro Latino-americano de Comunidades Empoderadas frente à resistência aos antimicrobianos no contexto da COVID-19.

Considerando:

  1. Que, faz décadas, a resistência aos antimicrobianos (RAM), particularmente a resistência aos antibióticos (RBA), é uma pandemia que cresce em forma silenciosa, afetando a saúde humana, a saúde animal, as economias e os ecossistemas, em nível global.

  2. Que, devido à má alimentação, à falta de água potável, à falta de acesso a serviços sanitários e ao déficit de educação em saúde, entre outras ausências de equidade social, as principais vítimas da RBA são os pobres.

  3. Que, rumo a 2050, ao redor de 10 milhões de mortes por ano poderiam ser provocadas pela resistência aos antimicrobianos, aprofundando a pobreza e as desigualdades, especialmente nos países de baixa renda.

  4. Que, devido à escala da contaminação com antibióticos, bactérias multirresistentes e genes de resistência, a RBA é uma doença da Mãe Terra.

  5. Que, a causa do problema é o uso em massa e indiscriminado de antibióticos em saúde humana, mas principalmente na criação intensiva de animais destinados ao consumo, à aquicultura e à agricultura.

  6. Que, o Plano de ação mundial sobre a RAM foi aprovado pela Assembleia Mundial da Saúde no ano 2015 e, consequentemente, os países da América Latina e o Caribe assumiram o compromisso de pôr em andamento seus respectivos planos nacionais.

  7. Que, a COVID-19 tem acelerado a RAM, como consequência do sobrecarregamento dos sistemas de saúde e do uso inapropriado de antibióticos.

Manifestamos:

  1. Que a RAM exige uma resposta urgente, integral, coordenada e sustentável de todos os setores; uma resposta que corrija as desigualdades sociais, leve em consideração a ecologia microbiana, a saúde planetária na qual estamos imersos e uma participação social efetiva.

  2. Que durante o Encontro aprendemos intensamente dos saberes e iniciativas das comunidades e organizações sociais da nossa região, para prevenir e controlar a COVID-19, bem como para promover a saúde. Seus saberes são uma fonte riquíssima de aprendizagem para enfrentar a resistência aos antibióticos de forma holística.

  3. Que é urgente promover o diálogo e a cooperação entre redes comunitárias, setores acadêmicos, coletivos artísticos, instâncias estatais e organizações internacionais, porque ninguém sabe tudo nem pode tudo. Para enfrentar um problema tão grande e complexo quanto a RAM nos necessitamos mutuamente.

  4. Que multiplicar as propostas educacionais, comunicativas e artísticas trazidas ao Encontro é uma estratégia eficaz para propagar a consciência sobre a magnitude e a natureza da resistência bacteriana, bem como sobre o uso adequado de antibióticos.

  5. Que os sistemas agroalimentares ecológicos, livres do uso não terapêutico de antibióticos, são essenciais para conter a resistência bacteriana e as doenças infecciosas emergentes.

  6. Que a abordagem Uma Saúde, que reconhece a interdependência entre saúde humana, animal e ambiental, é essencial para enfrentar com êxito a RAM.

Aos governos lhes pedimos:

  1. Fortalecer a abordagem Uma Saúde e o trabalho intersetorial nos planos nacionais de ação sobre a RAM, através da participação da sociedade civil.

  2. Garantir sistemas de saúde públicos, universais, acessíveis, focados na promoção da saúde, a estratégia mais efetiva para o melhoramento do uso de antibióticos em saúde humana.

  3. Proibir, em um prazo peremptório, o uso não terapêutico de antibióticos na criação de animais e na aquicultura, bem como o uso de antibióticos críticos para a saúde humana na criação de animais.

  4. Tomar os bons exemplos de práticas comunitárias, do sistema de saúde e de centros de pesquisa e impulsioná-los no nível local e nacional, através dos planos de ação sobre a RAM.

  5. Fortalecer uma participação comunitária efetiva nos planos nacionais de ação sobre RAM, que se reflita em estratégias claras alimentadas pelas propostas de comunidades empoderadas.

  6. Encerramos esta declaração, gratos, plenos de entusiasmo e levantando um canto à saúde e à vida, porque sem participação social não há abordagem holística da RAM, e sem abordagem holística não há solução. Unidos na diversidade.

     

    12 de novembro de 2021

Últimas firmas
103 Samantha J. Ecuador Unidad Educativa Particular Salesianas María Auxiliadora
102 Amy S. Ecuador Salesianas María Auxiliadora
101 Anonymous .. Ecuador
100 Nicole O. Ecuador UEPSMA
99 Pia A. Ecuador Unidad Educativa Particular Salesiana María Auxiliadora
98 Paula J. Ecuador UEPSMA
97 Sofia H. Ecuador Unidad Educativa Salesianas María Auxiliadora
96 Paula Sofía D. Ecuador UEPSMA
95 Darla Bernarda C. Ecuador Unidad Educativa Particular Salesianas Maria Auxiliadora
94 Josè B. Ecuador
93 Sebastián S. Ecuador Universidad de Cuenca
92 Sadi Barbara D. Ecuador Universidad de Cuenca
91 Ana Lucia N. Ecuador Mujeres en Acción Loja
90 Lucrecia Belén C. Ecuador Educadora popular
89 María A. Ecuador Universidad de Cuenca. Facultad de Ciencias Médicas
88 Patricia V. Ecuador U Cuenca
87 Gicela P. Ecuador
86 Enmanuel G. Ecuador Universidad de Cuenca, SOLCA, SERMEDIC
85 David A. Ecuador
84 Diego Á. Ecuador Universidad de Cuenca
83 Paola Belén D. Ecuador JE LATINOAMERICA
82 Anonymous Ecuador UEP Hermano Miguel de la Salle
81 Juan Z. Ecuador Hermano Miguel de la salle Cuenca
80 Cami P. Ecuador La salle Cuenca
79 Vanessa C. Ecuador Hermano Miguel de la Salle
78 Anonymous Ecuador
77 Ofelia P. Mexico Movimiento de Parteras de Chiapas Nich Ixim y CAMATI MUJERES CONTRUYENDO DESDE ABAJO AC.
76 Selene B. Peru
75 Angie Abigaíl G. Peru SOCIEMUNP
74 Dizzy S. Peru SOCIEMUNP
73 Jesús T. Peru SOCIEMUNP
72 Bruno Javier N. Peru SOCIEMUNP
71 Yerson David A. Peru SOCIEMUNP
70 Hilda R. Peru SOCIEMUNP
69 Einstein G. Peru SOCIEMUNP
68 Luciana E. Peru Ninguna
67 Arianna C. Peru Universidad Nacional de Piura
66 Fabiana Nicol C. Peru
65 Yeimmy Nayely F. Peru Ninguna
64 Jairo Alexander C. Peru UNP
63 Luis Enrique C. Peru SOCIEMUNP
62 Erika L. Ecuador ASOCEM - UCUENCA
61 Andres R. Bolivia ASOCEM-UCuenca
60 Mateo J. Ecuador CEC
59 Nicole F. Ecuador JE LATINOAMERICA
58 Joe S. Ecuador ASOCEM-UCuenca
57 Geovanna Yareni L. Ecuador ASOCEM- UCUENCA
56 María Camila P. Colombia ASOCEM-UCUENCA
55 Wendy C. Ecuador ASOCEM-UCuenca
54 Emilia C. Ecuador
53 Camila O. Ecuador
52 Victoria I. Ecuador Unidad Educativa Particular Salesiana Maria Auxiliadora
51 Gabriela Z. Ecuador Salesianas
50 Paulina U. Ecuador Unidad educativa salesianas
49 Paula N. Ecuador UEPSMA
48 Victoria B. Ecuador UEPSMA
47 Anonymous Ecuador Unidad Educativa Particular Salesiana María Auxiliadora
46 Nicole A. Ecuador Salesianos
45 Adriana A. Ecuador UEPSMA
44 Matías S. Ecuador Borja
43 Mateo O. Ecuador Unidad Educativa Borja
42 Mateo R. Ecuador
41 Mateo M. Ecuador Borja
40 Juan Carlos Z. Ecuador
39 Daniel R. Ecuador Colegio Borja
38 Anonymous Ecuador Unidad Educativa Particular Borja
37 Sebas Z. Ecuador Unidad Educativa Particular Borja
36 Joaquín V. Ecuador Unidad Educativa Borja
35 Juan José S. Ecuador Borja
34 Jonathan S. Ecuador Unidad Educativa Particular Borja
33 Julián S. Ecuador Borja
32 Nicolás N. Ecuador Unidad Educativa Particular Borja
31 Danny V. Ecuador Borja
30 Ariel Isaac A. Ecuador Unidad Educativa Particular Borja
29 Pablo E. Ecuador Unidad Educativa Borja
28 Anonymous Ecuador Borja
27 Matías B. Ecuador Borja
26 Mateo A. Ecuador Borja
25 Hugo A. Ecuador Borja
24 Anonymous Ecuador Unidad Educativa Borja
23 Mauricio O. Ecuador Borja
22 Melissa V. Ecuador JE
21 Raúl M. Ecuador JE-Latinoamérica
20 Lizbeth H. Ecuador JE-Latinoamérica
19 Yamil[e M. Ecuador JE-Latinoamérica
18 Adriana M. Ecuador JE latinoamerica
17 David L. Ecuador JE-Latinoamérica
16 Jennifer M. Colombia ReAct latinoamerica
15 Priscila A. Ecuador JE-Latinoamerica
14 Omar M. Ecuador JE- Latinoamérica
13 Dayana J. Ecuador
12 Marlon Q. Ecuador
11 Leslie N. Ecuador
10 Karen Q. Ecuador JE-Latinoamériica
9 Karen E. Ecuador
8 Kevin J. Ecuador JE-Latinoamérica
7 Jovenes y Ecosistemas L. Ecuador
6 Nicole S. Ecuador JE-Latinoamérica
5 Tifany C. Ecuador JE - Latinoamérica
4 Pedro José A. Ecuador JE-Latinoamérica

ADHIÉRETE

Adherirme al Llamado

103 firmas
Scroll hacia arriba